Tumor embrionário com neurópilo abundante e 
rosetas em multicamadas 
..
Fem. 2a. 2m.  Clique para macro, HE, destaques da IH, GFAP, VIM, NF, SNF, MAP2, NeuN, EMA, Ki67, microscopia eletrônica, texto

Síndrome de hipertensão intracraniana e hemiparesia esquerda.  Os exames de imagem (tomografia computadorizada e ressonância magnética) mostram volumosa lesão tumoral fronto-parietal direita, situada profundamente na substância branca, mas atingindo até a superfície cortical, causando desvio da linha média.  Na TC, há focos irregulares de hiperdensidade que podem corresponder a microcalcificações confluentes.  Na RM, a lesão mescla áreas de hipo- e hipersinal em T1 e T2. Em T2 e FLAIR há focos de virtual ausência de sinal que podem representar microcalcificações (presentes na TC). Outra hipótese seria sangramento crônico com hemossiderina (menos provável).  Com contraste, há muito pouca impregnação do parênquima tumoral, mas os vasos maiores são realçados. 

Obs. página revisada em 30/11/16 para acréscimo de material.

..
Tomografia computadorizada - Sem contraste. 
Mais imagens deste exame
......
RESSONÂNCIA MAGNÉTICA.   Melhores cortes
T1 SEM CONTRASTE T1 COM CONTRASTE T2
FLAIR CORONAIS, T2 T1 COM CONTRASTE
SAGITAIS, T1 SEM CONTRASTE T1 COM CONTRASTE
Mais imagens deste exame
....
RM pós-operatória.    Retirada aparentemente completa da lesão. 
Mais imagens deste exame
..
..
TOMOGRAFIA  COMPUTADORIZADA
..
Sem contraste, axial 
..
Coronal 
..
Sagital 
....
 
RESSONÂNCIA  MAGNÉTICA 
..
CORTES  AXIAIS,  T1 SEM CONTRASTE
..
T1 COM CONTRASTE
..
T2
..
FLAIR
..
DIFUSÃO VS MAPA EM T2.   Grande parte da massa neoplásica brilha na difusão e é correspondentemente negativa no mapa em T2.  A difusão é usada para medir o movimento browniano das moléculas de água. Na água livre, como nos ventrículos, não há restrição ao movimento browniano e a imagem aparece com ausência de sinal (em negro). Quando há restrição ao movimento browniano, a área aparece com sinal brilhante. No caso, o tumor aparece com hipersinal, indicando que sua textura é densa e as moléculas de água estão 'presas'. Tumores altamente celulares, com muitos núcleos densamente arranjados podem dar restrição à difusão.  Comparar com aspecto histológico
DI
T2
..
CORTES  CORONAIS,  T1 COM CONTRASTE
..
T2
..
CORTES  SAGITAIS,  T1 SEM CONTRASTE
..
T1 COM CONTRASTE
..
..
EXAME  PÓS-OPERATÓRIO
....
T1 COM CONTRASTE, AXIAL
..
SAGITAL
......
Agradecimentos.   Caso contribuído pelo Centro Infantil Boldrini, Campinas, SP.  Nossa gratidão ao Sr. Irineu Mantovanelli Neto pela ressonância magnética original completa do caso, acrescentada em 30/11/16. 
..
 Para mais imagens deste caso: TC, RM Macro, HE, texto
GFAP, VIM NF, SNF, MAP2, NeuN EMA, Ki-67 Microscopia eletrônica
....
Textos sobre PNETs supratentoriais (1) (2) Tumor embrionário com rosetas em multicamadas Ependimoblastomas Pineoblastomas (1) (2) Características de imagem dos PNETs
..
Neuropatologia
- Graduação
Neuropatologia -
Estudos de casos
Neuroimagem
- Graduação
Neuroimagem - 
Estudos de Casos
Roteiro 
de aulas
Textos 
de apoio
Correlação 
Neuropatologia - Neuroimagem
Índice alfabético - Neuro Adições recentes Banco de imagens - Neuro Textos ilustrados Neuromuscular Patologia - outros aparelhos Pages in English
..
..