Meduloblastoma  melanótico. 
..
Masc. 5 a 2 m.   Esta criança operada em outro serviço foi referida para acompanhamento.  Apesar do pronto início de  terapia adjuvante, o tumor residual progrediu rapidamente. Em menos de 3 meses apresentou recidiva local, praticamente recompondo o volume original, além de extensa disseminação subaracnóidea infra- e supratentorial e espinal.  O exame histológico mostrou um meduloblastoma com diferenciação melanocítica, uma variedade rara considerada excepcionalmente agressiva (ver texto). 

Clique para RM original e após 2½ meses, HE, IH - GFAP, VIM, S-100, HMB-45, SNF, NF, CD34, Ki67, texto.

..
RESSONÂNCIA  MAGNÉTICA,  9/5/18,  melhores cortes  -  AXIAIS.    Tumor arredondado, aparentemente bem delimitado, preenchendo o IV ventrículo, sem sugestão de invasão dos tecidos vizinhos. Tem isossinal em T1 e T2 em relação ao córtex cerebelar, com focos de hipersinal em T1 que poderiam corresponder a hemorragias (metemoglobina). Impregna-se moderada- e difusamente pelo gadolínio. Causa obstrução ao fluxo liquórico, com dilatação do aqueduto de Sylvius e volumosa hidrocefalia hipertensiva supratentorial (transudação liquórica transependimária no FLAIR).  Neste exame, não havia evidência de disseminação leptomeníngea. 
T1 SEM CONTRASTE T1 COM CONTRASTE T2
AXIAIS, FLAIR CORONAIS, T2 
SAGITAIS,  T1 SEM  E  COM  CONTRASTE
Mais imagens deste exame
..
..
RESSONÂNCIA  MAGNÉTICA,  31/7/18 
..
Após menos de 3 meses, o tumor parcialmente ressecado disseminou-se amplamente pelo espaço subaracnóideo, encarcerando o tronco cerebral, infiltrando os sulcos cerebelares e cerebrais, todos os níveis da medula espinal, e virtualmente reocupando o volume original no IV ventrículo.  Em T2 e FLAIR há hipersinal na substância branca dos hemisférios cerebelares, que avança também pelo mesencéfalo e diencéfalo. 
..
Melhores cortes  -  AXIAIS, T1 SEM  E  COM  CONTRASTE
T2
FL
T1 COM  CONTRASTE T2 FLAIR
CORONAIS,  T1  COM  CONTRASTE
SAGITAIS, T1 SEM  E  COM  CONTRASTE
MEDULA  ESPINAL,  SAGITAIS, T2  E  T1  COM  CONTRASTE
Mais imagens deste exame

 
MAIS  IMAGENS
..
RESSONÂNCIA  MAGNÉTICA,  9/5/18 
..
CORTES  AXIAIS, T1 SEM CONTRASTE
..
T1 COM CONTRASTE
..
T2
..
FLAIR
..
CORTES  CORONAIS,  T2
..
CORTES  SAGITAIS, T1 SEM CONTRASTE
T1 COM CONTRASTE
..
RESSONÂNCIA  MAGNÉTICA,  31/7/18 
..
CORTES  AXIAIS, T1 COM CONTRASTE
..
T2
..
FLAIR
..
AXIAIS, T1 SEM E COM CONTRASTE
..
CORONAIS, T1 COM CONTRASTE
..
SAGITAIS, T1 COM CONTRASTE
..
SAGITAIS, T1 SEM  E COM CONTRASTE
..
MEDULA  ESPINAL,  SAGITAIS, T2  E  T1  COM  CONTRASTE
......
Agradecimentos.    Caso do Centro Infantil Boldrini, Campinas, SP.   Exames de imagem dos arquivos da Instituição. 
......
Para mais imagens deste caso e texto:
RM pré-op  2½ meses pós-op HE GFAP, VIM, S-100, HMB-45 SNF, NF, CD34,  Ki67
........
Este assunto na graduação Mais casos de meduloblastoma :
imagem, patologia
Características de imagem dos meduloblastomas Textos :  meduloblastomas, meduloblastoma de extensa nodularidade, meduloblastoma melanótico
..
Neuropatologia
- Graduação
Neuropatologia - 
Estudos de casos
Neuroimagem
- Graduação
Neuroimagem - 
Estudos de Casos
Roteiro 
de aulas
Textos 
de apoio
Correlação 
Neuropatologia - Neuroimagem
Índice alfabético - Neuro Adições recentes Banco de imagens - Neuro Textos ilustrados Neuromuscular Patologia - outros aparelhos Pages in English
..
VOLTA À PÁGINA ÍNDICE
..