Meduloblastoma  desmoplásico  vermiano 
com metástases espinais
..
Masc.  21 a.  Paraparesia progressiva evoluindo para paraplegia, com perda da sensibilidade abaixo de T2 e incontinência esfincteriana, com piora há 15 dias. Exame físico: estrabismo divergente a D, força muscular grau 0 e hiperreflexia em membros inferiores. 
Submetido a RM de coluna, que revelou lesões tumorais intradurais extramedulares em medula torácica. Realizou então TC e RM de crânio. 
Submetido a craniectomia de fossa posterior com retirada do arco de C1 e ressecção de tumor de vermis cerebelar. 
Alta hospitalar em bom estado, orientado a retorno ambulatorial e radioterapia. 
..
 
TOMOGRAFIA  COMPUTADORIZADA
..
Lesão levemente hiperdensa, com limites nítidos, situada na linha média, preenchendo o IVº ventrículo. Outra lesão menor, com características semelhantes, na porção anterior do hemisfério cerebelar D. 
..
Sem contraste  Com contraste 
..
 
RESSONÂNCIA  MAGNÉTICA, CRÂNIO
..
Lesão nodular preenchendo as porções inferior e média do IVº ventrículo, estendendo-se à cisterna magna através do foramen de Magendie. Tem aspecto homogêneo, limites bem definidos, com isosinal em T1 e T2 e captação de contraste. Há outra lesão menor, com características semelhantes, situada superficialmente na porção anteromedial do hemisfério cerebelar D, não se podendo afirmar com certeza se se trata de extensão direta da lesão maior ou metástase meníngea pelo espaço subaracnóideo. 
..
CORTES  AXIAIS 
T1 COM CONTRASTE T2 FLAIR
..
Comparação das lesões em duas técnicas. 
TC com contraste  RM FLAIR
..
CORTES  CORONAIS, T1 COM CONTRASTE
..
CORTES  SAGITAIS
T1 SEM CONTRASTE T1 COM CONTRASTE
..
..
RESSONÂNCIA  MAGNÉTICA,
COLUNA TORÁCICA
..
CORTES  SAGITAIS. Mostram lesão ovalada comprimindo a medula espinal, bem delimitada, com cerca de 3 cm. de comprimento, a nível dos corpos vertebrais de T3 e T4, com isosinal em T1 e T2 e captação de contraste. Outras lesões menores e captantes são vistas mais abaixo. A medula espinal apresenta cavidade hidrosiringomiélica acima e abaixo da lesão maior. 
T1 SEM CONTRASTE T1 COM CONTRASTE T2
..
T1 COM CONTRASTE, DETALHE. Além das lesões maiores, há orla captante irregular ao longo da medula, sugerindo disseminação neoplásica pela leptomeninge espinal. 
..
Scout para localização dos cortes axiais.
..
CORTES  AXIAIS, T2. A lesão maior aparece nos cortes 15, 14 e 13. Há compressão intensa da medula a este nível, com obliteração da coluna liquórica no espaço subaracnóideo. Outra lesão menor é vista no corte 10. Fora destes níveis a medula apresenta hipersinal na região central, correspondendo a cavidade hidrosiringomiélica. 
..
..
Para histologia  e  imunohistoquímica deste tumor, clique »
.....
Este assunto na graduação Mais casos de meduloblastoma :
imagem, patologia
Características de imagem dos meduloblastomas Textos :
meduloblastomas  meduloblastoma de extensa nodularidade
..
Neuropatologia
- Graduação
Neuropatologia - 
Estudos de casos
Neuroimagem
- Graduação
Neuroimagem - 
Estudos de Casos
Roteiro 
de aulas
Textos 
de apoio
Correlação 
Neuropatologia - Neuroimagem
Índice alfabético - Neuro Adições recentes Banco de imagens - Neuro Textos ilustrados Neuromuscular Patologia - outros aparelhos Pages in English
..
..