Tumor  de  células gigantes  de  região lombo-sacra
Masc.  23 a.  Lombociatalgia bilateral há 1 ano. Há 3 meses fraqueza em membros inferiores. Exame massa palpável lombar, paresia à dorsoflexão do pé, bilateral.  RM massa em região lombosacra extensa, de L4 a S1, acometendo corpos vertebrais e preservando discos. Estenosa o canal neural e comprime a musculatura paravertebral nestes níveis. Cirurgia tumor esbranquiçado, gelatinoso, pouco sangrante, envolto por cápsula fibrosa. 

 
TOMOGRAFIA  COMPUTADORIZADA
Scout e reconstrução tridimensional. Lesão lítica afetando a apófise espinhosa e lâminas das vértebras L5 e S1. 
Com contraste. O primeiro corte,  pelo corpo vertebral de L4 e acima do tumor, mostra a arquitetura de uma vértebra lombar normal.  Os cortes 2 a 4 são pela vértebra L5 - o tumor destrói a apófise espinhosa, lâminas, penetra no canal espinal e o expande, e causa lise da porção posterior E do corpo vertebral. Penetra também nos foramens de conjugação. No corte 5, o disco L5-S1. Os cortes inferiores compreendem o sacro, e mostram também expansão do canal espinal e lise óssea. 

 
RESSONÂNCIA  MAGNÉTICA 
Grande massa neoplásica situada dorsalmente na coluna lombosacra, afetando as porções posteriores das vértebras L4, L5, S1 e S2 e  penetrando até aproximadamente a metade dos corpos vertebrais de L5 e S1. Oblitera o canal espinal nestes níveis, contudo poupa os discos intervertebrais. Dorsalmente, forma massa volumosa e aparentemente bem delimitada nos tecidos paravertebrais, abaulando a superfície externa da região lombosacra. O tumor tem isosinal em T1, hipersinal em T2 e capta contraste de forma difusa e homogênea. Apresenta áreas císticas ou necróticas com hiposinal em T1 e forte hipersinal em T2, sugerindo caráter hidratado. 
CORTES  SAGITAIS, T2 
T1 SEM CONTRASTE T1 COM CONTRASTE T2
..
CORTES AXIAIS, T1 COM CONTRASTE
..
T2
..
T1 SEM CONTRASTE T1 COM CONTRASTE T2
..
Caso  gentilmente contribuído pelo Dr. Antonio Augusto Roth Vargas e equipe, Limeira, SP. 
..
Para exame histopatológico deste caso, clique  »
Outros tumores ósseos
imagempatologia
Este assunto na graduação
Sobre tumor de células gigantes
Neuropatologia
- Graduação
Neuropatologia - 
Casos Complementares
Neuroimagem
- Graduação
Neuroimagem - 
Casos Complementares
Correlação 
Neuropatologia - Neuroimagem
VOLTA À PÁGINA ÍNDICE