Oligodendroglioma com transformação anaplásica - 
Página de resumo. 
..
..
RESUMO  DO  CASO
..
Masc.  48 a.   Informações obtidas com a esposa.  Há 7 anos (em 1999) começou a apresentar freqüentes desmaios, com perda de força muscular no membro superior direito, formigamento de coxa e perna direitas, redução do intelecto.  Passou a ter crises convulsivas tônico-clônicas generalizadas, com liberação esfincteriana e sialorréia. Crises iniciavam-se com um grito, versão cefálica, tremores e queda.  Fez uso de fenitoína, fenobarbital e carbamazepina, sem controle das crises. Atualmente crises quinzenais. Há 1 ano e meio iniciou quadro de afasia e hemiparesia direita, com piora progressiva. A afasia é motora, fala poucas palavras. Atende a comandos verbais e colabora para o exame. Exame neurológico força muscular grau III em membro superior direito e grau IV V em membro inferior direito.  Grau V em hemicorpo esquerdo. Paresia facial direita.  Coordenação preservada. Reflexos profundos vivos à direita.  Reflexo cutâneo-plantar em flexão bilateral. 

Do ponto de vista de imagem, este tumor neuroectodérmico de lento crescimento foi documentado pela primeira vez em 2000, por uma TC que mostrou focos calcificados no lobo frontal esquerdo. Em 6 anos houve grande expansão do tumor no local de origem, aumento da área calcificada e invasão do hemisfério direito via corpo caloso, também notada pelas calcificações.  Em 2006, após nova TC e RM, foi removida grande parte da neoplasia, fornecendo material para ampla documentação histológica. Em 2007, na RM mais recente, observaram-se focos de impregnação sugestivos de anaplasia em diversas áreas do tumor. 

Clique nos links em figuras ou texto para detalhes. 

..
TOMOGRAFIAS COMPUTADORIZADAS, CRONOLOGIA.   Lesão frontal esquerda, heterogênea, caracterizada por calcificações em faixas tortuosas, com evolução progressiva em extensão e densidade dos depósitos. Em 2006, a lesão envolvia grande parte do lobo frontal esquerdo,  o corpo caloso (calcificação na linha média) e havia se estendido ao lobo frontal direito. Apesar do volume, causava pequeno efeito de massa, com discreto desvio da linha  média e deformação do corno anterior do ventrículo lateral esquerdo. Com contraste, não se observou impregnação em nenhum dos exames. 
Sem contraste
2000 2005 2006
..
Comparativo, 2006.  Ausência de impregnação. As calcificações grosseiras, cujos detalhes são melhor vistos com janela óssea, lembram circunvoluções cerebrais. 
Sem contraste  Com contraste  Janela óssea 
..
RESSONÂNCIA  MAGNÉTICA, 15/8/2006Extensa lesão expansiva heterogênea frontal E, com efeito de massa, deformando os ventrículos laterais, sem impregnação.  Com FLAIR, corresponde a grande área de hipersinal que envolve a maior parte do hemisfério E, atravessa o corpo caloso e, inferiormente, invade o mesencéfalo. 
T1 SEM CONTRASTE T1 COM CONTRASTE T2
FLAIR
T1 COM CONTRASTE. Ausência de impregnação. 
..
RM 31/5/2007, T1 COM CONTRASTE.  Controle 8 meses pós operatório, mostra várias áreas de impregnação por contraste, sugestivas de anaplasia. 
Obs.  Como o paciente recebeu dose total de radioterapia após a cirurgia, terminando em dezembro de 2006, foi levantada a suspeita de que os focos de impregnação pudessem ser devidos a radionecrose.  Contudo esta possibilidade foi considerada improvável, pois o foco de impregnação no lobo frontal D corresponde exatamente à topografia de uma área calcificada que já estava presente na TC de 2006, antes do tratamento. Portanto, já havia tumor nesta área. Como o aspecto é semelhante em todos os focos, acreditamos que todos sejam devidos a anaplasia. 
..
HISTOLOGIA - HE. Tumor tem as características clássicas de um oligodendroglioma, com minigemistócitos. 
..
IMUNOHISTOQUÍMICA.
GFAP. Positividade citoplasmática em proporções variáveis das células. Muitos minigemistócitos. 
VIM. Vasos bem distribuídos, finos, em ramificação dicotômica, aspecto clássico em 'tela de galinheiro'.  Minigemistócitos marcam-se para VIM. 
VIM. Células de aspecto astrocitário.  NF. Axônios entre células neoplásicas - caráter infiltrativo. 
CD34. Demonstra vasos. Ki-67. Positividade variável, até em 10% dos núcleos. 
..
Para mais imagens deste caso:  TC 2000-2006 RM 2006
RM 2007 HE IH
..
Características de imagem dos oligodendrogliomas Neuropatologia dos oligodendrogliomas Mais casos de oligodendroglioma : neuroimagemneuropatologia
..
Neuropatologia
- Graduação
Neuropatologia -
Estudos de casos
Neuroimagem
- Graduação
Neuroimagem - 
Estudos de Casos
Roteiro 
de aulas
Textos 
de apoio
Correlação 
Neuropatologia - Neuroimagem
Índice alfabético - Neuro Adições recentes Banco de imagens - Neuro Textos ilustrados Neuromuscular Patologia - outros aparelhos Pages in English
..
..