Página Inicial
Contato

 Busca

+ Palavras Chave:
   
  colo uterino
  corpo uterino
  endométrio
  ovário
 

 Links

 
 


 
 



 

      Os casos clínicos contidos neste site são fruto das reuniões semanais da Prof. Dra. Liliana De Angelo Andrade com os residentes do Departamento de Anatomia Patológica. O objetivo do site é difundir o conhecimento sobre o assunto ajudando estudantes, residentes e profissionais a manterem-se constantemente atualizados.

 

Caso 146 - 61 anos, nódulo em lábio superior do colo uterino, com 1,5 cm de diâmetro.

Caso 145 - 59 anos, com sangramento pós-menopausa há 8 meses; obesa e hipertensa. Submetida à biópsia com Pipelle e depois à histerectomia com linfadenectomia bilateral.

Caso 144 - 49 anos, fez histerectomia total abdominal por leiomiomas do corpo uterino. Encontrada lesão no colo uterino.

Caso 143 - 55 anos com sangramento irregular. Biópsia de endométrio.

Caso 142 - 58 anos, com sangramento pós-menopausa.

Caso 141 - 15 anos, tumor volumoso de ovário esquerdo, medindo 38x29 cm nos maiores eixos, com superfície externa lisa. À superfície de corte, área cística com conteúdo mucinoso e duas áreas sólidas com 2,5 cm de diâmetro.

Caso 140 - 40 anos, sangramento irregular com lesão polipóide na parede posterior do endométrio. Faz uso de Depoprovera há 9 anos.

Caso 139 - 32 anos, clínica de esterilidade, com sangramento irregular.

Caso 138 - 32 anos, citologia oncótica de colo uterino com lesão de alto grau. Foi submetida à biópsia de colo uterino.

Caso 137 - 36 anos, aumento de volume uterino por mioma. Histerectomia com nódulo intramural bem delimitado, com 6,5 cm de diâmetro, com áreas de hemorragia.

Caso 136 - 25 anos, lesão exofítica no colo uterino, sangrante.

Caso 135 - 22 anos, massa pélvica palpável e ascite. Foi feita punção com agulha, guiada por ultrasom.

Caso 134 - 35 anos, lesão tumoral, polipóide no colo uterino, com 2,5 cm no maior eixo.

Caso 133 - 67 anos, tumor de ovário, sólido-cístico, com 14 cm de diâmetro. Superfície externa lisa e superfície de corte de coloração pardacenta, com cistos hemorrágicos.

Caso 132 - 40 anos, obesidade mórbida e sangramento irregular. Curetagem.

Caso 131 - 48 anos, faz tratamento há vários anos por anemia aplástica e apresentou nódulo em região vulvar em 2012. Foi tratada com cirurgia e radioterapia e vem apresentando recidivas da lesão vulvar em 2013, 2014 e 2016.

Caso 130 - 35 anos, tumor de ovário bilateral com implantes na superfície externa e na pelve.

Caso 129 - 57 anos, tumor sólido do ovário direito, com 12 cm no maior eixo. Presença de ascite e derrame pleural e nível elevado de Ca125 (750 U/ml).

Caso 128 - 36 anos, histerectomia por mioma. Ao exame macroscópico, nódulo de 6,5 cm de diâmetro, intramural, bem delimitado, com áreas de hemorragia.

Caso 127 - 35 anos, gestante com tumor sólido-cístico de ovário direito com 20x13 cm nos maiores eixo e superfície externa lisa.

Caso 126 - 42 anos, sangramento irregular. Curetagem.

Caso 125 - 41 anos, tumor de ovário bilateral, com crescimento para a superfície externa e com implantes na cavidade peritoneal.

Caso 124 - 42 anos, grande massa pélvica, correspondente ao ovário esquerdo, recebida rota.

Caso 123 - 51 anos, tumor de ovário bilateral, branco-amarelado à superfície de corte.

Caso 122 - 52 anos, tumor de ovário Direito, medindo 30X25X9 cm, recebido roto. Acompanham nódulos mucinosos em omento e apêndice cecal dilatado, medindo 5,0x3,0x2,5cm, contendo muco na luz.

Caso 121 - 31 anos, tumor sólido, branco-amarelado, com 7x5 cm, em ovário esquerdo. Achado em cesárea. (Caso gentilmente enviado pelo Dr. Marcelo Mota, patologista de Mogi-Guaçu, SP).

Caso 120 - 75 anos, curetagem por sangramento pós-menopausa.

Caso 119 - 20 anos, tumor de ovário esquerdo com 7 cm de diâmetro, multilocular à superfície de corte.

Caso 118 - 45 anos, histerectomia por mioma uterino. À macroscopia, lesão nodular de 3 cm, bem delimitada.

Caso 117 - 61 anos, lesões pequenas, dolorosas e elevadas na vulva.

Caso 116 - 48 anos, pólipo na vulva.

Caso 115 - 64 anos, citologia alterada e espessamento endometrial. Submetida a cone de colo uterino e ressecção de pólipo endometrial.

Caso 114 - 48 anos, lesão cística em anexo direito. À macroscopia, tuba direita cisticamente dilatada, com traves na luz, formando várias cavidades.

Caso 113 - 45 anos, histerectomia por leiomioma. Nódulo subseroso do corpo uterino, com 3 cm de diâmetro.

Caso 112 - 42 anos, tumor de ovário com 16X14X5 cm, superfície externa lisa, superfície de corte com aspecto lobulado e multicístico.

Caso 111 - 34 anos, cone de colo uterino.

Caso 110 - 45 anos com colostomia há 6 meses por carcinoma de sigmóide, foi submetida à histerectomia. Útero macroscopicamente sem lesões.

Caso 109 - 55 anos com lesão de aspecto cístico em colo uterino e fundo de saco vaginal. Biópsia de colo uterino.

Caso 108 - 25 anos com tumor de ovário direito com 12x9x6,5 cm, pesando 350g, superfície externa papilífera.

Caso 107 - 17 anos, submetida a 3 curetagens prévias com suspeita de gestação molar.

Caso 106 - 30 anos, com epitélio branco e espesso à colposcopia.

Caso 105 - 86 anos, com lesão ulcerada na vulva.

Caso 104 - 42 anos, com sangramento irregular. Foi submetida à histerectomia.

Caso 103 - 71 anos, com sangramento pós-menopausa e espessamento da linha endometrial, com 12 mm. Foi submetida à histerectomia.

Caso 102 - 67 anos, tumor uterino polipóide na cavidade endometrial, medindo 10,5 x 8,0 cm nos maiores eixos, predominantemente sólido, com áreas císticas. Infiltra quase toda a espessura do miométrio.

Caso 101 - 59 anos, lesão pruriginosa na vulva.

Caso 100 - 57 anos, paciente submetida à histerectomia total abdominal por mioma. Encontrada lesão incidental no colo uterino.

Caso 99 - 55 anos, com tumor sólido-cístico em ovário esquerdo com 9 cm de diâmetro.

Caso 98 - 48 anos, com lesão polipóide parida no colo uterino com 8x5 cm nos maiores eixos.

Caso 97 - 16 anos, com dor abdominal e tumor em ovário esquerdo medindo 6X4X3 cm.

Caso 96 - 46 anos, com lesão cística de endometriose no ovário esquerdo com 6x4 cm e lesão em parede de sigmóide.

Caso 95 - 23 anos, com lesão elevada no colo uterino.

Caso 94 - 30 anos, com nódulo amarelado em um das tubas, achado durante cesária.

Caso 93 - 47 anos, com leve dilatação e presença de nódulos na parede das tubas.

Caso 92 - 19 anos, com nódulo hemorrágico em parede vaginal. Tem antecedente de aborto há 3 meses.

Caso 91 - 43 anos, com tumor pélvico, com 18 cm no maior eixo, crescendo em ovário esquerdo e recebido roto.

Caso 90 - 31 anos, com cone de colo uterino, com lesão irregular à macroscopia do colo.

Caso 89 - 36 anos, tumor cístico bilateral de ovários, medindo à direita 6 X 4,8X 3 cm, e à esquerda 6 x4 X 3,5 cm, com superfície externa irregular, papilífera. Apresenta nódulos no peritônio pélvico.

Caso 88 - 43 anos, lesão polipóide no colo uterino e citologia com atipias glandulares.

Caso 87 - 66 anos, sangramento pós-menopausa e presença de ascite. Fez biópsia de agulha do omento que mostrou adenocarcinoma. Foi submetida à histerectomia e salpingo-ooforectomia bilateral.

Caso 86 - 27 anos, tumor sólido de ovário esquerdo medindo 3X2,5 cm e à superfície de corte de cor amarela (Figura 1).

Caso 85 - 42 anos com aumento de volume uterino e à macroscopia, presença de nódulo único, submucoso, bem delimitado com 4 cm de diâmetro, de coloração branco-amarelada e consistência firme.

Caso 84 - 38 anos, citologia de colo uterino sugestiva de NIC3. Foi submetida à conização.

Caso 83 - 66 anos com história de sangramento pós-menopausa foi submetida à curetagem endometrial. Tem antecedente de carcinoma de colo uterino tratado há alguns anos.

Caso 82 - 51 anos, lesão elevada vulvar, com 2 cm de diâmetro.

Caso 81 - 41 anos, pólipo cervical com 2 cm de diâmetro e hipótese de mioma parido.

Caso 80 - 51 anos, pequeno pólipo no canal cervical em exame de rotina.

Caso 79 - 35 anos, tumor volumoso de ovário direito, pesando 850g e medindo 18x11x10cm; superfície externa lisa; superfície de corte com cistos multiloculados, preenchidos por material mucinoso, e área sólida papilífera na luz, com 8x7 cm.

Caso 78 - 42 anos, biópsia prévia de NIC 3; colo com aspecto tumoral, exofítico ao exame clínico; foi submetida à conização.

Caso 77 - 59 anos, tumor pélvico à direita, com cerca de 7 cm de diâmetro pelo ultrassom.

Caso 76 - 63 anos com história de sangramento pós-menopausa foi submetida à curetagem.

Caso 75 - 59 anos com história pregressa de carcinoma de colo uterino tratada com radioterapia há 7 anos. Atualmente se apresenta com espessamento endometrial e sangramento vaginal. Submetida à cirurgia de HTA e salpingo-ooforectomia bilateral.

Caso 74 - 67anos; tumor de ovário D, sólido-cístico, com 9 cm de diâmetro.

Caso 72 - 28 anos, em propedêutica para esterilidade, foi submetida à biópsia de endométrio.

Caso 73 - 38 anos,citologia cervical alterada; submetida a biópsia de colo uterino.

Caso 71 - 18 anos, Tumor de ovário, ascite de 5 litros e implantes abdominais.

Caso 70 - 78 anos, histerectomia por prolapso de colo uterino.

Caso 69 - 38 anos, histerectomia subtotal por miomas. Útero com vários nódulos suserosos, intramurais e submucosos, medindo de 07, a 3,2 cm de diâmetro.

Caso 68 - 45 anos, volumoso tumor cístico de ovário, uniloculado, com 18 cm de diâmetro, recebido roto.

Caso 67 - 26 anos, queixa de esterilidade. Biópsia de endométrio.

Caso 66 - 22 anos, tumor de ovário, sólido, consistência firme, com 3,5 cm de diâmetro e cor amarelo-ouro à superfície de corte.

Caso 65 - 37 anos, sangramento vaginal irregular. Curetagem.

Caso 64 - 66 anos, sangramento pós-menopausa e espessamento de linha endometrial. Retirados pólipos pela histeroscopia.

Caso 63 - 57 anos, sangramento pós-menopausa e tumor ovariano. Pela macroscopia, lesão sólida, bem delimitada no ovário, com coloração amarelada, medindo 2,5 cm.

Caso 62 - 69 anos, lesão vulvar pruriginosa. Tem antecedente de cirurgia prévia por doença de Paget da vulva.

Caso 61 - 27 anos, colo uterino com mosaico à colposcopia.

Caso 60 - 57 anos, colo uterino tumoral.

Caso 59 - 40 anos, tumor de ovário, predominantemente cístico, com 4 cm de diâmetro e mostrando à superfície de corte, material pastoso, com fios de cabelo e pequena área sólida.

Caso 58 - 17 anos, obesidade e amenorréia. Pelo ultrassom presença de grande tumoração sólido-cística pélvica. Não foram visualizados os ovários.

Caso 57 - 48 anos, tumor de ovário bilateral e útero apresentando miomas intra-murais. Antecedente de carcinoma de mama.

Caso 56 - 65 anos com sangramento pós-menopausa e tumor de ovário direito.

Caso 55 - 31 anos com tumor pélvico de 10 cm de diâmetro.

Caso 54 - 61 anos com tumor uterino subseroso com 6 cm de diâmetro, na região fúndica, consistência macia e cor branco-amarelada.

Caso 53 - 38 anos com história de hemorragia uterina disfuncional.

Caso 52 - 33 anos com lesão verrucosa peri-anal. Hipótese: HPV?

Caso 51 - 38 anos com lesão cística de 10 cm de diâmetro em ovário.

Caso 50 - 16 anos, Tumor de ovário sólido-cístico com 20 cm de diâmetro, superfície de corte apresentando aspecto variado, com pelos, áreas macias e viscosas.

Caso 49 - 70 anos, sangramento pós-menopausa e tumor polipóide na cavidade endometrial.

Caso 48 - 58 anos, sangramento pós-menopausa. Aumento de volume uterino. Histerectomia apresentando tumor submucoso, bem delimitado medindo 8x7x4 cm, com a superfície de corte de cor amarelada.

Caso 47 - 75 anos, lesão esbranquiçada e pruriginosa na vulva.

Caso 46 - 40 anos, lesão polipóide no colo uterino.

Caso 45 - 45 anos, histerectomia por prolapso. Achado microscópico no colo uterino.

Caso 44 - 32 anos, gestante com quadro de pré-eclâmpsia, evoluiu para parto prematuro e foi feita curetagem do leito placentário.

Caso 43 - 40 anos, dor pélvica e à laparoscopia foram encontradas vesículas hemáticas no peritônio pélvico.

Caso 42 - 41 anos, submetida a histerectomia, pós-cone de colo uterino com carcinoma in situ.

Caso 41 - 24 anos, com lesão vulvar com 3,5 cm de diâmetro, com hipótese de cisto de Bartholin. À superfície de corte apresentava área sólida predominante e pequena área cística.

Caso 40 - 57 anos, tumor de ovário, com 8 cm de diâmetro, superfície externa lisa e superfície de corte multiloculada, apresentando lojas císticas com conteúdo mucinoso e pelos.

Caso 39 - 23 anos, citologia NIC I, lesão no colo uterino que foi biopsiada.

Caso 38 - 62 anos, com queixa de sangramento pós-menopausa, foi submetida à curetagem.

Caso 37 - 62 anos, tumor uterino de crescimento rápido, formando nódulo intramural no miométrio, com limites irregulares, medindo 11 cm de diâmetro, mostrando à superfície de corte cor branco-amarelada, com áreas de necrose, hemorragia e consistência amolecida.

Caso 36 - 39 anos, lesão tumoral de 7 cm de diâmetro no ovário esquerdo, com superfície externa lisa e superfície de corte de aspecto sólido, apresentando coloração branco-amarelada, com áreas de edema e cisto central (Figura 1).

Caso 35 - 68 anos, lesão tumoral de 3 cm de diâmetro em vagina, ulcerada, com necrose e invasão da uretra.

Caso 34 - 32 anos, NIC 3 em biópsia prévia de colo uterino. Procedimento atual: conização do tipo “Leep”.

Caso 33 - 67 anos, tumor de ovário sólido-cístico com 22 cm de maior diâmetro. Superfície de corte com cistos ricos em muco e áreas sólidas focais.

Caso 32 - 46 anos, sangramento irregular e piometra. Submetida à curetagem endometrial.

Caso 31 - 76 anos, pólipo endometrial.

Caso 30 - 51 anos, sangramento pós-menopausa e pólipo endometrial à ecografia.

Caso 29 - 29 anos, amenorréia de 12 semanas, com sangramento vaginal e eliminação de vesículas.

Caso 28 - 44 anos. Hemorragia uterina disfuncional: curetagem do endométrio.

Caso 27 - 54 anos. Histerectomia total abdominal por mioma.

Caso 26 - 52 anos. História de 2 ressecções prévias na vulva e fossa ísquio-retal. Atualmente com tumoração com 10x9,5x3 cm, superfície de corte nodular, brilhante e mal delimitada.

Caso 25 - 32 anos, miomatose uterina. Tumor submucoso com 3,5 cm de diâmetro. Paciente em uso de progestógeno como método anticoncepcional.

Caso 24 - 57 anos, tumor bilateral dos ovários, de aspecto sólido e multinodular.

Caso 23 - 28 anos, citologia NIC III, submetida à conização.

Caso 22 - 32 anos, com queixa de esterilidade, foi submetida a biópsia de endométrio.

Caso 21 - 26 anos, lesão papulosa com centro umbilicado em grande lábio vulvar a esclarecer.

Caso 20 - 29 anos, tumor de ovário multicístico, com 7 cm de diâmetro, achado em cesária.

Caso 19 - 50 anos, lesão polipóide ocupando toda a cavidade endometrial, medindo 12,5X8,5 cm, aderida ao fundo uterino, pardacenta, brilhante, em áreas com aspecto gelatinoso, invadindo todo o miométrio até a serosa.

Caso 18 - 46 anos, tumor cístico de ovário direito, pesando 700 g e medindo 14X11 cm nos maiores eixos. Tem superfície externa lisa e superfície de corte com aspecto sólido cístico, com algumas papilas e conteúdo mucoso e hemorrágico.

Caso 17 - 56 anos, Histerectomia por mioma. Achado incidental no colo uterino.

Caso 16 - 28 anos, já submetida anteriormente à conização com alça diatérmica e no seguimento, citologia com o diagnóstico de ASCUS/AGUS. Feita biópsia de colo uterino.

Caso 15 - 35 anos, lesão pruriginosa e com superfície levemente elevada na pele da vulva.

Caso 14 - 42 anos, tumor cístico de 28X24 cm de diâmetro em ovário. Superfície externa lisa e superfície de corte apresentando cavidade cística com papilas em várias áreas.

Caso 13 - 27 anos, lesão cística em grande lábio vulvar, medindo 2,5X1,8 cm. Superfície de corte com aspecto sólido-cístico. Material: vulva.

Caso 12 - 19 anos, citologia oncótica com diagnóstico de NIC I; foi submetida à colposcopia e biópsia do colo uterino. Material: colo uterino.

Caso 11 - 34 anos, Hemorragia uterina disfuncional em paciente com insuficiência renal crônica. Material: curetagem.

Caso 10 - 31 anos, material de curetagem.

Caso 9 - 80 anos, pólipo em colo uterino.

Caso 8 - Mulher de 26 anos com exame de rotina apresentando lesão tumoral exofítica no colo uterino que foi biopsiada.

Caso 7 - 33 anos , HIV positivo, CO alterada. Conização.

Caso 6 - Paciente de 34 anos foi submetida à laparoscopia onde foi encontrada lesão cística em ovário, com 5 cm de diâmetro.

Caso 5 - Paciente de 23 anos, citologia oncótica alterada, foi submetida à colposcopia com biópsia dirigida.

Caso 4 - Paciente de 38 anos, com sangramento irregular. Curetagem.

Caso 3 - Paciente de 31 anos, paciente com lupus apresentou lesões ulceradas em região vulvar.

Caso 2 - Paciente de 48 anos com tumor de ovário direito. Peça cirúrgica constituída por tumor cístico com 10 cm de diâmetro, multiloculado do ovário, com superfície externa lisa.

Caso 1 - Paciente de 53 anos, com sangramento pós-menopausa. Apresentou ao exame físico, grande massa palpável em abdômen. Submetida à laparotomia foi encontrado grande tumor sólido-cístico em ovário esquerdo, medindo 30 cm de maior diâmetro, multiloculado, com conteúdo gelatinoso.

Contador de visitantes:
website stats
Departamento de Anatomia Patológica
Faculdade de Ciências Médicas
images/logos/