Página Inicial
Contato

 Busca

+ Palavras Chave:
   
  colo uterino
  corpo uterino
  endométrio
  ovário
 

 Links

 
 


 
 



 

      Os casos clínicos contidos neste site são fruto das reuniões semanais da Prof. Dra. Liliana De Angelo Andrade com os residentes do Departamento de Anatomia Patológica. O objetivo do site é difundir o conhecimento sobre o assunto ajudando estudantes, residentes e profissionais a manterem-se constantemente atualizados.

 

Caso 107: 17 anos, submetida a 3 curetagens prévias com suspeita de gestação molar.


Figura 1




Figura 2




Figura 3




Figura 4




Figura 5




Figura 6



Descrição microscópica: fragmentos constituídos por restos deciduais (Fig.1), hemorragia e agrupamentos de células do cito e sinciciotrofoblasto, com acentuada proliferação, atipia e figuras demitose (Figuras 2, 3, 4, 5, 6). Não são observadas vilosidades coriais.

Diagnóstico: Coriocarcinoma

Comentário: Cerca de 50% dos coriocarcinomas são precedidos por mola hidatiforme e 25% pós-aborto. O aspecto característico é uma mistura de células do cito e do sinciciotrofoblasto, em um padrão plexiforme. Vilosidades coriais são tipicamente ausentes, exceto em raros casos onde se observam vilosidades hialinizadas residuais de uma gestação prévia.
Contador de visitantes:
website stats
Departamento de Anatomia Patológica
Faculdade de Ciências Médicas
images/logos/