Página Inicial
Contato

 Busca

+ Palavras Chave:
   
  colo uterino
  corpo uterino
  endométrio
  ovário
 

 Links

 
 


 
 



 

      Os casos clínicos contidos neste site são fruto das reuniões semanais da Prof. Dra. Liliana De Angelo Andrade com os residentes do Departamento de Anatomia Patológica. O objetivo do site é difundir o conhecimento sobre o assunto ajudando estudantes, residentes e profissionais a manterem-se constantemente atualizados.

 

Caso 94: 30 anos, com nódulo amarelado em um das tubas, achado durante cesária.


Figura 1




Figura 2




Figura 3




Figura 4




Figura 5



Descrição microscópica: nódulo constituído por proliferação de estruturas tubulares ou em fendas, (Figuras 1, 2) revestidas por células cubóides ou achatadas, sem atipias. No estroma notam-se células musculares lisas. (Figuras 3, 4 e 5)

Diagnóstico: Tumor adenomatóide da tuba

Comentário: É a neoplasia benigna mais comum da tuba e é frequentemente um achado incidental. O aspecto histológico é semelhante ao encontrado no útero e pode ser confundido com linfangioma, cujo diagnóstico diferencial pode ser feito pela imunoistoquímica, pela expressão de citoqueratina nas células mesoteliais no tumor adenomatóide.
Contador de visitantes:
website stats
Departamento de Anatomia Patológica
Faculdade de Ciências Médicas
images/logos/