Página Inicial
Contato

 Busca

+ Palavras Chave:
   
  colo uterino
  corpo uterino
  endométrio
  ovário
 

 Links

 
 


 
 



 

      Os casos clínicos contidos neste site são fruto das reuniões semanais da Prof. Dra. Liliana De Angelo Andrade com os residentes do Departamento de Anatomia Patológica. O objetivo do site é difundir o conhecimento sobre o assunto ajudando estudantes, residentes e profissionais a manterem-se constantemente atualizados.

 

Caso 51: 38 anos com lesão cística de 10 cm de diâmetro em ovário.


Figura 1




Figura 2




Figura 3




Figura 4




Figura 5




Figura 6



Descrição microscópica: parede do cisto constituída por tecido fibroso e revestida por epitélio do tipo endometrial, focalmente com células ciliadas (Figuras 1, 2 e 3), áreas com células mucinosas do tipo endocervical(Figura 4) e mostrando atipias nucleares isoladas (Figuras 5 e 6). Abaixo do epitélio notam-se macrófagos com pigmento pardo de hemossiderina (Figuras 1 a 6).

Diagnóstico: Cisto endometrióide do ovário, com metaplasia mucinosa e atipia celular focal, reacional.

Comentário:a endometriose ovariana geralmente se apresenta como cisto de parede espessa, com conteúdo pardo-hemorrágico, conhecido como cisto achocolatado. Do ponto de vista histológico apresenta epitélio endometrial, com variada metaplasia, estroma endometrial e macrófagos com hemossiderina. Dos 3 componentes, pelo menos dois são necessários para se firmar o diagnóstico de endometriose. A atipia celular focal é achado relativamente comum nos cistos endometrióides.

OBS: caso gentilmente fornecido pelo Dr. Antonio Augusto Vital Brazil.
Contador de visitantes:
website stats
Departamento de Anatomia Patológica
Faculdade de Ciências Médicas
images/logos/