Página Inicial
Contato

 Busca

+ Palavras Chave:
   
  colo uterino
  corpo uterino
  endométrio
  ovário
 

 Links

 
 


 
 



 

      Os casos clínicos contidos neste site são fruto das reuniões semanais da Prof. Dra. Liliana De Angelo Andrade com os residentes do Departamento de Anatomia Patológica. O objetivo do site é difundir o conhecimento sobre o assunto ajudando estudantes, residentes e profissionais a manterem-se constantemente atualizados.

 

Caso 35: 68 anos, lesão tumoral de 3 cm de diâmetro em vagina, ulcerada, com necrose e invasão da uretra.


Figura 1




Figura 2




Figura 3




Figura 4




Figura 5



Descrição microscópica: lesão neoplásica ulcerada da mucosa vaginal, com caráter infiltrativo (Figura 1), constituída predominantemente por células fusiformes atípicas, com núcleos pleomórficos, nucléolos freqüentes e evidentes (Figuras 2, 3 e 4); há também áreas com células mais arredondadas, com citoplasma vacuolado e presença de mitoses (Figura 5). Foram feitas reações imunoistoquímicas.

Diagnóstico: Melanoma maligno fusocelular de vagina

Comentário: O melanoma é lesão rara em vagina e neste caso, o aspecto fusocelular faz diagnóstico diferencial com sarcomas. O perfil imunoistoquímico evidenciou positividade para Vimentina, S100 e para HMB-45, caracterizando o melanoma.
Contador de visitantes:
website stats
Departamento de Anatomia Patológica
Faculdade de Ciências Médicas
images/logos/