Página Inicial
Contato

 Busca

+ Palavras Chave:
   
  colo uterino
  corpo uterino
  endométrio
  ovário
 

 Links

 
 


 
 



 

      Os casos clínicos contidos neste site são fruto das reuniões semanais da Prof. Dra. Liliana De Angelo Andrade com os residentes do Departamento de Anatomia Patológica. O objetivo do site é difundir o conhecimento sobre o assunto ajudando estudantes, residentes e profissionais a manterem-se constantemente atualizados.

 

Caso 33: 67 anos, tumor de ovário sólido-cístico com 22 cm de maior diâmetro. Superfície de corte com cistos ricos em muco e áreas sólidas focais.


Figura 1




Figura 2




Figura 3




Figura 4




Figura 5



Descrição microscópica: parede do cisto constituída por 2 componentes: epitélio cilíndrico mucinoso e área com tecido fibroso contendo agrupamentos epiteliais em arranjo sólido (Figuras 1 e 2). O epitélio mucinoso não tem atipias (Figura 3) e a áreacom os blocos celulares sólidos mostra células epiteliais com núcleos regulares, cromatina delicada, que apresentam freqüentes fendas longitudinais, conhecidas como núcleos em grão de café, semelhantes às células uroteliais (Figuras 4 e 5).

Diagnóstico: Tumor de Brenner associado a cistadenoma mucinoso do ovário.
É neoplasia benigna do epitélio de superfície do ovário composta por 2 tipos celulares: mucinoso e de células uroteliais. Esta associação de tumor de Brenner com epitélio mucinoso não é rara.
Contador de visitantes:
website stats
Departamento de Anatomia Patológica
Faculdade de Ciências Médicas
images/logos/