Página Inicial
Contato

 Busca

+ Palavras Chave:
   
  colo uterino
  corpo uterino
  endométrio
  ovário
 

 Links

 
 


 
 



 

      Os casos clínicos contidos neste site são fruto das reuniões semanais da Prof. Dra. Liliana De Angelo Andrade com os residentes do Departamento de Anatomia Patológica. O objetivo do site é difundir o conhecimento sobre o assunto ajudando estudantes, residentes e profissionais a manterem-se constantemente atualizados.

 

Caso 19: 50 anos, lesão polipóide ocupando toda a cavidade endometrial, medindo 12,5X8,5 cm, aderida ao fundo uterino, pardacenta, brilhante, em áreas com aspecto gelatinoso, invadindo todo o miométrio até a serosa.


Figura 1




Figura 2




Figura 3




Figura 4




Figura 5




Figura 6



Descrição microscópica:
Neoplasia do corpo uterino constituídapor células semelhantes ao estroma endometrial, com crescimento polipóide na cavidade e contornos infiltrativos (Fig 1, 2, 3), invadindo toda a espessura do miométrio e também a luz vascular (Fig 4). A vascularização da neoplasia é semelhante à do estroma endometrial, com arteríolas espiraladas. No interior da massa neoplásica, há acentuado edema, fibrose e degeneração mixóide (Fig 5, 6), o que contribui para o aspecto gelatinoso observado à macroscopia.

Diagnóstico: Sarcoma do estroma endometrial de baixo grau, polipóide na cavidade endometrial, com extensas áreas fibro-mixóides. Invasão vascular e de toda a espessura do miométrio pela neoplasia.
Contador de visitantes:
website stats
Departamento de Anatomia Patológica
Faculdade de Ciências Médicas
images/logos/