Página Inicial
Contato

 Busca

Palavras Chave:
   
  colo uterino
  corpo uterino
  endométrio
  ovário
  vulva
  vagina
 

 Links

 
 


 
 



 

      Os casos clínicos contidos neste site são fruto das reuniões semanais da Prof. Dra. Liliana De Angelo Andrade com os residentes do Departamento de Anatomia Patológica. O objetivo do site é difundir o conhecimento sobre o assunto ajudando estudantes, residentes e profissionais a manterem-se constantemente atualizados.

 

Foram encontrados casos [10]:

Caso 118: 45 anos, histerectomia por mioma uterino. À macroscopia, lesão nodular de 3 cm, bem delimitada. (30/06/2015)

Caso 113: 45 anos, histerectomia por leiomioma. Nódulo subseroso do corpo uterino, com 3 cm de diâmetro. (04/05/2015)

Caso 102: 67 anos, tumor uterino polipóide na cavidade endometrial, medindo 10,5 x 8,0 cm nos maiores eixos, predominantemente sólido, com áreas císticas. Infiltra quase toda a espessura do miométrio. (03/10/2014)

Caso 98: 48 anos, com lesão polipóide parida no colo uterino com 8x5 cm nos maiores eixos (26/06/2014)

Caso 69: 38 anos, histerectomia subtotal por miomas. Útero com vários nódulos suserosos, intramurais e submucosos, medindo de 07, a 3,2 cm de diâmetro. (03/03/2011)

Caso 57: 48 anos, tumor de ovário bilateral e útero apresentando miomas intra-murais. Antecedente de carcinoma de mama. (22/10/2009)

Caso 48: 58 anos, sangramento pós-menopausa. Aumento de volume uterino. Histerectomia apresentando tumor submucoso, bem delimitado medindo 8x7x4 cm, com a superfície de corte de cor amarelada. (14/04/2009)

Caso 37: 62 anos, tumor uterino de crescimento rápido, formando nódulo intramural no miométrio, com limites irregulares, medindo 11 cm de diâmetro, mostrando à superfície de corte cor branco-amarelada, com áreas de necrose, hemorragia e consistência amolecida. (15/09/2008)

Caso 27: 54 anos. Histerectomia total abdominal por mioma. (25/04/2008)

Caso 19: 50 anos, lesão polipóide ocupando toda a cavidade endometrial, medindo 12,5X8,5 cm, aderida ao fundo uterino, pardacenta, brilhante, em áreas com aspecto gelatinoso, invadindo todo o miométrio até a serosa. (26/02/2008)
Contador de visitantes:
website stats
Departamento de Anatomia Patológica
Faculdade de Ciências Médicas